Calprotectina

calprotectin-elisa-kit

Diferenciando IBS (Irritable Bowel Syndrome ou Síndrome do Cólon Irritável) e IBD (Inflammatory Bowel Disease ou Doença Intestinal Inflamatória)

Genova Diagnostics é a única Empresa/Laboratório licenciada nos EUA para distribuir e comercializar kits para avaliação de Calprotectina através da metodologia de análise “Elisa”.

Calprotectina é um marcador clínico altamente sensível para a identificação de inflamações específicas do trato GI . Autorizado e reconhecido pelo FDA, é indicado para a diferenciação entre as doenças inflamatórias intestinais (IBS) e a Síndrome do Cólon Irritável (IBD ), assim como na identificação de outros tipos de inflamações intestinais. Os resultados são quantitativos e oferecem informações importantes ​​para auxiliar o diagnóstico clínico, tratamentos e cuidados mais assertivos, e inclusive, auxiliando profissionais a decidirem se o paciente precisa ou não de encaminhamento para colonoscopia.

Em torno de 2 milhões de pessoas na Europa sofrem de Doença inflamatório Intestinal (DII). A doença de Crohn e a retocolite ulcerativa são duas sérias doenças crônicas e incuráveis do trato intestinal. Os sintomas são angustiantes, embaraçosos e debilitantes. Uma vez surgindo, podem em muito se parecer com outras condições de origem funcional, como a síndrome do intestino irritável, o que torna difícil o diagnóstico correto.

A medida da Calprotectina fecal é um marcador excelente para a conveniente decisão dos médicos entre enviarem os pacientes para uma colonoscopia (Calprotectina elevada nas fezes pode significar doença inflamatória intestinal ativa) ou os tratarem pelos sintomas do intestino irritável (Calprotectina normal nas fezes). A Calprotectina é também um ótimo marcador de recidiva em pacientes com DII, dando assim aos clínicos uma ferramenta efetiva para adaptar o tratamento dos pacientes, aliviando a intensidade das recaídas.

O padrão ouro para diagnóstico e monitoramento da inflamação intestinal é a endoscopia com biópsia. Um novo marcador simples, rápido, sensível, específico, acessível e não invasivo para a detecção e acompanhamento da DII foi recentemente introduzido na Europa. Trata-se da Calprotectina, proteína que se encontra no organismo amplamente distribuída, transportadora de cálcio e zinco, pertencente à família S100 e derivada predominantemente de neutrófilos. Níveis elevados de Calprotectina têm sido constantemente detectados nas fezes de pacientes com DII ativa.

O que é Calprotectina?

Calprotectina é um importante marcador clínico para inflamação. A Calprotectina pertence a um grupo de proteínas derivadas de neutrófilos de ligação ao cálcio e torna -se 60 % das proteínas citosólicas dentro do neutrophil. (1) É muito resistente à degradação bacteriana no intestino e é estável nas fezes por até uma semana em temperatura ambiente (2,3). Calprotectina é o teste “padrão ouro ” não-invasivo para quantificar o grau de inflamação gastrointestinal e diferenciação entre Síndrome do Cólon Irritável ( IBD) e Doença Inflamatória do Intestino ( IBS ).

A Calprotectina (CP) é uma proteína anti-microbiana liberada pelos neutrófilos polimorfonucleares no intestino frente a uma exposição da muscosa à uma inflamação. Quando ligada ao cálcio, pode resistir à degradação por enzimas leucocitárias e bacterianas. Está presente nas fezes em concentração mais alta comparada aos seus níveis de plasma (aproximadamente cerca de 6 vezes). Os valores da calprotectina fecal têm correlação proporcional ao grau de inflamação da mucosa intestinal, sendo este portanto, um marcador sensível e específico para detectar inflamação intestinal. A associação dos dois marcadores fecais não aumenta a possibilidade de detecção da atividade inflamatória; portanto podem ser usados isoladamente.

Valores aumentados: diversos processos inflamatórios intestinais localizados tanto no intestino delgado quanto no cólon (infecções gastro-intestinais, cancêr de colo-retal); pacientes tratados recentemente com anti-inflamatórios não-esteróides embora apresentem uma colonoscopia normal; cirrose hepática. Crianças saudáveis em seu primeiro ano de vida podem apresentar valores elevados, sem uma explicação clara sobre o assunto.

 Utilização Clínica para Calprotectina

– Distinguir e diferenciar pacientes com Síndrome do Cólon Irritável (IBD) ou doença inflamatória intestinal (IBS ), com 99% de valor preditivo positivo em pacientes com “Rome Criteria” e calprotectina negativa ( <50 ug / g). 4

– Auxiliando o diagnóstico de pacientes com sintomas abdominais que podem requerer tratamentos ou exames mais específicos.

– Selecionar pacientes para endoscopia , bem como o acompanhamento da resposta ao tratamento. Isto é especialmente útil para as crianças, que podem necessitar de anestesia geral para a realização de análises mais invasivas.

Novos Estudos sobre Calprotectina 

– Uma pesquisa recente destaca o papel da calprotectina como um marcador eficaz de cicatrização da mucosa. 5

– As primeiras experiências indicam o valor da calprotectina correlacionados com os valores de endoscopia para definir respostas a tratamentos além de confirmar a remissão / melhora clínica. 6

Observação: O marcador de Calprotectina pode ser avaliado e/ou encontrado no teste Perfil GI Effects Completo.

Referências:

  1. Fagerhol MK, et al. Calprotectin (The L1 leukocyte protein) in: Smith V.L. and Dedman J.R. (eds.): Stimulus response coupling: The role of intracellular calcium-binding proteins. CRC Press, Boca Raton 1990, p.187-210.
  2. Røseth AG, et al. Assessment of the neutrophil dominating protein calprotectin in feces. A methodologic study. Scand J Gastroenterol 1992;27:793-798.
  3. http://www.fda.gov/MedicalDevices/DeviceRegulationandGuidance/​GuidanceDocuments/ucm079129.htm
  4. Tibble J, et al. A simple method for assessing intestinal inflammation in Crohn’s disease. Gut 2000;47:506-513.
  5. D’Haens G, Ferrante M, et al. Fecal Calprotectin is a Surrogate Marker for Endoscopic Lesions in Inflammatory Bowel Disease. Inflamm Bowel Dis. 2012 Feb 16. doi: 10.1002/ibd.22917
  6. Mao R, Xiao YL, et al. Fecal calprotectin in predicting relapse of inflammatory bowel diseases: A meta-analysis of prospective studies. Inflamm Bowel Dis. 2012 Jan 11. doi: 10.1002/ibd.22861.

 

Comentários

comments

Interesse de Página Healthmetrix