Pesticidas Clorados – Intoxicações Ambientais

pesticidades-clorados

O Perfil de Pesticidas Clorados ajuda a identificar possíveis exposições a pesticidas e inseticida além de sua concentração no organismo. O painel avalia intoxicações por pesticidas mais comuns, com valores de referência nacional atualmente documentados por causar problemas adversos á saúde. Os níveis estão indicados em partes por milhão (PPM) e quantidades de lipídios ajustadas de modo que o médico possa melhor quantificar o composto.

Porque realizar o teste de exposição a Pesticidas Clorados?

Os pesticidas clorados foram identificados em mais de 98% dos casos avaliados, concentram-se em tecidos ricos em lipídios, e são armazenados em vários órgãos e tecidos adiposos. Essas toxinas quando acumulam-se no nosso organismo, aumentam a nossa carga tóxica ao longo do tempo, tornando-se poderosas toxinas mitocondriais, podendo ser a causa de muitas doenças crônicas.

A maior parte dos pesticidas clorados foram proibidos para uso nos Estados Unidos, porém alguns destes pesticidas e inseticidas ainda estão em uso ao redor do mundo. Nossa maior via de exposição à pesticidas está na ingestão de alimentos que contenham resíduos com pesticidas, além da água e produtos químicos do solo. Essas substâncias químicas também são passadas às crianças através da amamentação e transferência trans-placentária.

O contato direto de inseticidas na pele pode causar necrose, prurido, inchaço, bolhas, e epidermopatias.

O principal efeito tóxico da família dos pesticidas está localizado no tecido nervoso e membranas do músculo. São absorvidos através do intestino e interferem nas transmissões de impulsos nervosos. Nos seres humanos, esta interferência normalmente aparece como problemas crônicos neurológicos, incluindo os transtornos de humor e dificuldades de aprendizagem e memória. Também foram mostrados casos de fadiga, obesidade, diabetes, certos tipos de câncer, alteração no sistema imunológico, alergias, doenças cardíacas, e uma série de outros problemas.

O que são pesticidas clorados?

Pesticidas clorados começaram a serem utilizados em áreas agrícolas após a Segunda Guerra Mundial e são constituídos por estruturas em anel, nas quais vários átomos de cloro estão ligados. Dos pesticidas clorados, o DDT é o mais conhecido.

Estes pesticidas são insolúveis em água, concentram-se no solo, acumulam-se nos tecidos adiposos, e estão presentes na nossa cadeia alimentar.

Sintomas a exposição:

– Alergias
– Asma
– Doenças Cardiovasculares
– Fadiga
– Câncer
– Deficiência Imunológica Celular
– Infecções Frequentes
– Dificuldade de Aprendizado
– Pressão Arterial Elevada
– Transtorno de Humor

Fontes de Exposição:

– Consumo de frutas contaminadas, legumes, grãos, carnes, laticínios e peixes
– Beber água contaminada
– Inalação de vapores químicos, poeira ou solo contaminado
– Contato direto com a pele

A Toxicidade frequentemente está na raiz de muitas doenças crônicas, tais como:

– Alergias
– Asma
– Doenças auto-imunes
– Certos tipos de câncer
– Sensibilidades químicas
– Infecções crônicas bacterianas, fúngicas e virais
– Doença neurológica crônica
– Dificuldades cognitivas
– Transtornos do Desenvolvimento
– Diabetes
– Fadiga
– Fibromialgia
– Desequilíbrios hormonais
– Infertilidade
– Transtornos de humor
– Obesidade
– Tremores

Descrição:

Os pesticidas clorados não se decompõe e são bem frequentes em nosso meio. Armazenam-se nos tecidos adiposos e ao longo da vida do paciente. Os pesticidas clorados podem causar uma série de doenças como alergias, asma, doença cardiovasculares e câncer. Os perfil pesticidas clorados ajudam a determinar a exposição do paciente a estas toxinas, que podem ajudar no tratamento e no bem-estar do paciente.

Metodologia:

Gas Cromatografia/Espectometria de massa

Analisados:

Hexaclorobenzeno (HCB)

Heptacloro epóxido

Oxiclordano

trans-Nonachlor

DDE (p, p1)

DDT (p, p1)

Dieldrin

Mirex

COUNT CPTID DESCRIPTION 1 82441 Chlorinated Hydrocarbon Screen
instrucoes-img
exemplo
guide

Comentários

comments

Interesse de Página Healthmetrix