PERFIL ALLERGIX IGG4 – 90 ALIMENTOS


PERFIL ALLERGIX IGG4 – 90 ALIMENTOS




Os anticorpos IgG4 estão associados a reações não-atópicas ou “tardias” que podem complicar ou contribuir para vários problemas de saúde e são considerados como a forma mais comum de intolerância imunológica imediata. Essas reações são mais complicadas de serem identificadas, pois podem ocorrer horas ou até mesmo dias após o consumo do alimento agressor. Em alguns casos, pode-se ingerir um alimento por vários dias antes de desenvolver o processo reativo e seus sintomas.
As alergias alimentares “transparentes” são causadas por níveis aumentados de anticorpos IgG4 em reação a alimentos específicos, e geralmente são difíceis de se evitar por serem comuns como o leite, o milho e o trigo. Níveis altos simultâneos das de anticorpos IgG alimento-específico estão relacionados à hiperpermeabilidade intestinal.

Entendendo IgG4 e as sensibilidades alimentares

Sensibilidade ou intolerância alimentar é um tema controverso para muitos profissionais da área da saúde e de seus pacientes. É um assunto de intensa especulação da mídia, onde a falta de informação sobre a constituição de um alimento fica um pouco mais “nebulosa” em relação a dúvida sobre sensibilidade ou intolerância. A alergia imediata é a típica resposta ao camarão ou amendoim, por exemplo, é um fenômeno caracterizado, classificado como Alergia Tipo I. Em certos indivíduos, alergias do Tipo I podem ser potencialmente fatais.
Abaixo, vamos classificar de forma adversa as reações aos alimentos de acordo com o seguintes definições:

Alergia Alimentar: É a resposta mediada por alimentos, desencadeada pela liberação de histamina e de basófilos celulares. Esta reação pode ser causada por um IgG anticorpos específicos ou IgE. Estas reações são imediatas na natureza e podem ser severas. Esta resposta é para reação tipo alérgica I.

Sensibilidade Alimentar: Imagine um sistema puramente imune, mediando respostas e envolvendo várias classes de alimentos diferentes, moléculas de imunoglobulinas que podem transformar alimentos imunes em alimentos complexos, estes alimentos complexos podem estimular numa nova cascata de inflamação. Estas reações tendem a ser tardias – por algumas horas ou em até 7 dias após o consumo destes alimentos – em alguns casos. Essa resposta representa uma reação alérgica do tipo III.

Intolerância Alimentar: É um mecanismo não imunológico de respostas adversas á alimentos. Exemplos incluem intolerância a lactose e sensibilidade a MSG.

Qual Teste IgG devo utilizar?

A desinformação e a falta de explicações sobre sensibilidades alimentares mediadas por IgG refletem nas diferentes opções de testes IgG’s disponíveis no mercado. Durante a sua permanência na universidade de medicina, a maioria dos médicos não são instruídos sobre as propriedades dos diferentes anticorpos das subclasses IgG; quais ativam a cascata inflamatória ou o seu comportamento depois da exposição ao antígeno. Tal informação é vital quando determinado o anticorpo da subclasse IgG é mais adequado para a avaliação da sensibilidade alimentar mediada por IgG.

Explicando Subclasses

Existem quatro subclasses de IgG (de 1 a 4) das quais IgG1 e IgG4 são as subclasses dominantes para antígenos alimentares.2 IgG1 é a resposta inicial da classe IgG, no caso de um um novo antígeno alimentar. IgG2 e IgG3 geralmente não apresentam respostas a antígenos alimentares, eles reagem a oligossacáridos em superfície celular de vírus e protozoários, respectivamente. Uma vez que a IgG1 se liga ao antígeno, o complexo anticorpo-antígeno é rapidamente deteriorado pelas células de Kupffer do fígado e outros macrófagos. O Complexo IgG1 também pode estimular a cascata inflamatória, que está associada geralmente com a resposta a inflamação.

NOME DO EXAME:
0075 – Allergix IgG4 Food Antibodies 90 Profile.

DESCRIÇÃO
Os anticorpos IgG4 estão associados a reações não atópicas ou “tardias” que podem complicar ou contribuir para vários problemas de saúde e são considerados como a forma mais comum de intolerância imunológica imediata. Essas reações são mais complicadas de serem identificadas, pois podem ocorrer horas ou até mesmo dias após o consumo do alimento agressor. Em alguns casos, pode-se ingerir um alimento por vários dias antes de desenvolver o processo reativo e seus sintomas.
As alergias alimentares “transparentes” são causadas por níveis aumentados de anticorpos IgG4 em reação a alimentos específicos, e geralmente são difíceis de ser evitar por serem comuns como o leite, o milho e o trigo. Níveis altos simultâneos de anticorpos IgG alimento-específico estão relacionados à hiperpermeabilidade intestinal.

MÉTODO
ELISA

TEMPO DE RESPOSTA
8-14 dias, 12 dias em média.

O QUE É ANALISADO?

Aspergillos Mostarda Maçã
Pimenta Preta Azeitona Damasco
Chocolate Cebola Banana
Canela Pimenta Verde Mirtilo
Café batata Melão
Gengibre Espinafre Cranberry
Malte Batata Doce Uva
Chá Tomate Toranja
Baunilha Abobrinha Melado
Fermento Carne Limão
Fermentação da Cerveja Caseína Laranja
Amêndoas Frango Pêssego
Castanha de Cajú Ovo Branco Pêra
Coco Gema de Ovo Abacaxi
Pecan Cordeiro Morango
Pistache Leite Melancia
Sésamo Porco Cevada
Semente de Girassol Peru Milho
Nozes Molusco Aveia
Aspargos Bacalhau Arroz
Abacate Carangueijo Centeio
Brocoli Linguado (Peixe) Trigo
Repolho Alabote (Peixe) Vagem
Cenoura Lagosta Lentilha
Couveflor Sardinha Feijão de Lima
Aipo Ostra Feijão Branco
Pepino Salmão Ervilha
Alho Camarão Amendoin
Alface Truta Feijão Rajado
Cogumelo Atum Soja

* 86001 x 90 Allergen Specific IgG quantitative or semiquantitative each allergen.